Transatlânticos... Sonhos com sabor de mar e sol

A primeira vez que viajei de navio, eu era muito pequena... Tinha 4 anos e não me lembro de muita coisa... Na verdade não me lembro de nada!


Depois, quando fiz 17 anos, chegou ao Brasil um navio de bandeira Grega chamado Romanza e fizemos uma linda viagem em família. Foram 30 dias navegando de Santos ao Amazonas. Conheci várias capitais brasileiras e a emoção do rio Amazonas. Shows de frevo em Recife. Golfinhos navegando ao nosso lado, perto da Bahia. Compras em Manaus e muito entretenimento a bordo. Foi a primeira vez que experimentei pizza de navio... era boa!


Por um acaso – só que dizem que eles não existem –, casei-me com um oficial da Marinha Mercante e convivi com proa, popa, âncora e mais um monte de termos náuticos. E claro, com as saudades que são próprias dessa profissão.


Aí vieram as temporadas de cruzeiros marítimos para o Brasil... e depois de muita conversa em casa resolvemos fazer nosso primeiro no Costa Fascinosa, em 2014. Lembro-me de cada detalhe... Fomos em quatro: eu, meus dois filhos e a minha amiga e madrinha da Ana.

Costa Fascinosa

Foram sete dias deslumbrantes. Sol, cheiro de mar e sal, muita cor, alegria e pontos turísticos especiais. Temos lembranças adoráveis, como um almoço delicioso em Salvador com o querido Israel. O Restaurante numa marina e um almoço lindo ao ar livre.


A melhor parte dessa viagem inesquecível foi a noite que, passeando pelos corredores, ouvi uma música italiana linda... emocionante... e não resisti a dar uma xeretadinha no teatro. E foi nessa noite que ouvi pela primeira vez os Tenores Brasileiros. Nino Valsani e Armando Valsani. Impactou-me tão profundamente que assisti ao show duas vezes; ao voltar para casa consegui o contato deles e, por meio do Maestro Feliciano, passamos a ser amigos. Em 2014 eles abrilhantaram o aniversário de cinquenta anos do meu irmão e desde então fizemos vários eventos juntos.


Até janeiro de 2019 fizemos cruzeiros todos os anos. Foram cinco anos deliciosos. Conhecemos muitos navios e muitos lugares especiais no Brasil e fora dele. Hoje, por causa da pandemia, essas viagens estão suspensas, mas, certamente quando as coisas voltarem ao normal estaremos a bordo novamente.

Navegar é uma experiência diferente! É um glamour diferente. Se você nunca fez um cruzeiro, quando puder, aventure-se. E sinta o sabor da imensidão do mar...



15 visualizações1 comentário

Posts Relacionados