Santa Zita


Hoje comemora-se o Dia da Empregada Doméstica e sua padroeira é Santa Zita nascida em 1218 em Monsagrati (Itália). Muito pobre, com uma família numerosa, foi levada para trabalhar em casa de família. Zita não tinha salário e trabalhava em troca de comida e roupa. Sofreu muito e era maltratada por todos da casa onde vivia. “A história conta que ela conseguiu suportar tudo com fé e humildade. Destacava-se, no meio dos sofrimentos, pela oração e pela prática da caridade para com os menos favorecidos que ela.” (https://cruzterrasanta.com.br).

Com seu trabalho impecável e seu espírito cristão, seus patrões começaram a enxergá-la de outra maneira e ela passou a ter o comando da casa, o que causou inveja entre os outros criados que a acusaram de distribuir alimentos da dispensa da casa para os mendigos. Essa acusação era muito grave e Zita não tinha como provar sua inocência. Em uma de suas chegadas à casa, a jovem vinha carregando um volume no avental e outra criada acusou-a na frente do patriarca de estar carregando comida. Arguida pelo senhor, Zita respondeu que eram flores e ao soltar o avental um grande volume de flores caiu e sua inocência foi provada.

“A vida de Santa Zita foi de uma linda dedicação aos mais pobres e aos doentes. Ela conseguiu manter essa dedicação até pouco antes de sua morte, que aconteceu em 27 de abril do ano 1278. Tinha ela, então, sessenta anos. Entretanto, o amor e intercessão de Santa Zita em favor dos pobres não terminou com sua morte. Pelo contrário, graças e mais graças começaram ser derramadas sobre todos os que invocavam sua intercessão com fé.” (https://cruzterrasanta.com.br).

Por seus milagres, seu corpo foi levado para a Igreja de São Frediano em Luca. Em 1652, na exumação de seu corpo, ele estava incorrupto e o local hoje é um santuário de peregrinação, bênçãos e milagres inexplicáveis. O Papa Inocêncio XII canonizou-a em 1696 e Pio XII proclamou-a padroeira dos empregados domésticos.


Oração a Santa Zita


“Ó Santa Zita, que no humilde trabalho doméstico soubestes ser solícita como foi Marta, quando servia a Jesus, em Betânia, e piedosa como Maria Madalena, aos pés do mesmo Jesus, ajudai-me a suportar com ânimo e paciência todos os sacrifícios que me impõem os meus trabalhos domésticos: ajudai-me a tratar as pessoas da família a que sirvo como se fossem meus irmãos.

Oferecimento: Ó Deus, recebei o meu trabalho, o meu cansaço e as minhas tribulações, e pela intercessão de Santa Zita, dai-me forças para cumprir sempre meus deveres, para merecer o reconhecimento dos que sirvo e a recompensa eterna no céu. Santa Zita, ajudai-me. Santa Zita, rogai por nós.”

18 visualizações0 comentário

Posts Relacionados