Queima das Fitas em Coimbra


O dia amanheceu frio novamente, mas quando você recebe um bom dia de um velho amigo é tão bom... Confesso que todos os dias recebo bons dias de muitos amigos, mas, o de hoje tocou meu coração e por isso resolvi escrever.

O Paulo é super ocupado – ele é médico cardiologista em um dos maiores hospitais de São Paulo e o recado foi curto: Queima das fitas hoje em Coimbra. Bom dia.

E a viagem começou... Confesso que conheço a tradição, mas, não sabia muitos detalhes e sou aquela que precisa saber onde, como, quando e porque – talvez pelo curso de jornalismo ou porque nasci curiosa mesmo –, mas esse tema tratamos em outro dia.

Adivinha? Corri no velho e bom Google para saber mais e, admito, para ver se tinha uma boa foto para ilustrar a história. Mas, estou enrolando então vamos aos fatos porque são ótimos.

Coimbra é um sonho. Chego a ser atrevida de imaginar que todos ou quase todos os estudantes do planeta – pelo menos os de descendência lusitana – já sonharam em estudar lá. Bom... eu sonhei. Existe uma aura pelos Campus da Cidade do Amor. É um lugar mágico onde você respira cultura, juventude e história. Imagina que a Universidade foi criada por Don Dinis há 732 anos e teve seu início em Lisboa, mas, foi transferida definitivamente para a cidade do Conhecimento em 1537.

Para quem ama história, todo o resto deixa de fazer sentido já que você respira tradição e sabedoria. Mas, voltemos à queima das fitas de Coimbra. Se você não sabe, o calendário acadêmico europeu finda em junho. Então, a Queima ou a Semana Acadêmica acontece sempre em fins de maio antecipando o fim do ano letivo.

Nessas semanas, os formandos comemoram a “libertação” e os jovens calouros passam a ter o direito de usar a famosa capa tradicional da Universidade. Conta-se que a capa do Harry Potter foi inspirada nela.

Essa tradição teve início lá pelos anos 1900 e o nome deve-se às fitas de cetim usadas pelos alunos do quarto ano de Direito em suas pastas para sinalizarem que estavam ao fim do curso. Ao fim do último ano, essas fitas eram queimadas. Atualmente todos os cursos participam como uma maneira simbólica de dar adeus à vida universitária.

Um adendo – imagino que deva ser muito emocionante. Mas não é só isso. Outros eventos fazem parte do programa – o Baile de Gaia ou Baile da Queima, o Chá dançante, o Cortejo dos Quartanistas, as Noites do Parque, a Queima do Grelo, o Sarau de Gala, a Serenata Monumental e a Venda da Pasta.

Não estudei em Coimbra mas visitei a cidade todas as vezes que fui a Portugal. É uma emoção ímpar. Entrar na biblioteca de quase um século e respirar o cheiro dos livros antigos é como fechar os olhos e perceber o quão o ser humano é brilhante. Quanto conhecimento. Quanta descoberta. Quanta história.

Por uma fração de segundo hoje pela manhã senti uma inveja saudável da filha do meu amigo. Imagina você ter vinte e poucos anos e viver uma tradição secular? Imagina desfilar pelas vielas ouvindo fados cantados e encantando os moradores ou visitantes. Imagina, como se diz em Portugal, a malta toda fazendo algazarra e sentindo um aperto no peito entre a alegria de formar-se e a saudade dos amigos.

Amália Rodrigues canta Coimbra com galhardia. Os versos da canção emocionam. Sou uma romântica incurável, mas, como não enxergar a poesia de:

Coimbra é uma lição

de sonho e tradição

O lente é uma canção

e a lua a faculdade,

o livro é uma mulher

só passa quem souber

e aprende-se a dizer saudade


Merecidamente esse cantinho lusitano é Patrimônio Mundial da UNESCO desde 2013 por ser um bem material e imaterial único, fundamental na história da cultura científica e mundial.

Um brinde aos veteranos! Que suas fitas queimadas sejam o fogo da continuidade do saber e boas-vindas aos calouros; que seus sonhos sejam ampliados e melhorados nos próximos anos em prol da cultura e da ciência.

Ao amigo Paulo – obrigada pelo bom dia!

Helena Fraga






Fotos acervo família - Coimbra 2014




Fontes de pesquisa:

https://www.uc.pt/sobrenos/historia

https://viva-mundo.com/pt/noticia/post/estudar-em-portugal-conheca-coimbra-cidade-dos-estudantes-e-patrimonio-mundial

https://viva-mundo.com/pt

https://www.jafezasmalas.com/queima-das-fitas/

54 visualizações0 comentário

Posts Relacionados