Noites Enluaradas

Nosso amor é cavalgada … Na imensidão Em noites enluaradas Já te abracei de olhos fechados Sem sua permissão Já me senti grudada em seu peito Eternizei silêncios Só para te amar do meu jeito Sei que sou mandona autoritária Já me falastes Mas como vou fazer se só assim Tento conter essa falta Desse encaixe perfeito Que faz do seu jeito Ser único e especial Jogo de sedução Hora me oferece um ninho Outra me tira o chão És divino ou profano? Só sei que não é em vão Aquela palavra dita em uma hora De confusão Que estava apaixonado. Amor tenha fiúza Nesse longo percurso Chegará seguindo a luz da lua. Novamente serei sua!

By Penélope Lsteak

0 visualização

Posts recentes

Ver tudo