Etéreo

Hoje é dia de Fernando Pessoa…. Existe uma única palavra em nossa língua que é ímpar! Nenhum povo consegue entende-la… Só mesmo quem fala português…

Hoje é dia de Fernando Pessoa….

Existe uma única palavra em nossa língua

que é ímpar!

Nenhum povo consegue entende-la…

Só mesmo quem fala português…

Saudade!

E como é difícil explicar o inexplicável…

Todos os poetas tentam… chegam muito, muito perto

da perfeita definição de algo que simplesmente só se

se consegue sentir…

Uma coisa é verdade…

Saudade é uma dor sem tamanho…

Uma lacuna que deixa um buraquinho no coração…

Um vazio infinito na alma…

E que as lágrimas levam e lavam pra longe….

– até a próxima crise aguda!

Tantas teorias… há quem diga que só sentimos

saudades do que é ou foi bom…

Mas, quando sentimos… nenhuma teoria é suficiente

para aplacar aquela dorzinha chata que incomoda!

Parafraseando Mr Fraga – “Hoje é dia de saudade”

E cara, como você faz falta!!!

Sabe aquele dia que você queria que a porta abrisse

e você estivesse lá?!

Aquele dia que sentir o suave perfume na camisa

branca de linho seria o suficiente para me adormecer?

Ou deitar em seu colo e ouvir boa musica…

Talvez uma taça de champagne…

Ou simplesmente ler poesia até que o dia chegasse!!!

Sinto falta… – Não – “miss you” é pouco…

É saudade mesmo!!!

Um beijo saudoso….

By Helena Fraga

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo