Dor lombar, por que é tão comum?

A lombalgia é caracterizada pela dor intensa ou moderada na região lombar da coluna vertebral. É multifatorial e pode estar atrelada a fatores patológicos (doenças), sociodemográficos, comportamentais e ergonômicos.


Dor Lombar

Existem alguns fatores que implicam no surgimento da dor lombar, dentre eles os fatores comportamentais, como o sedentarismo, e ocupacionais através do desenvolvimento de atividades com movimentos repetitivos ou posicionamento vicioso.


A dor lombar tem se tornado um problema de saúde pública mundial; estima-se que 80% das pessoas vão sofrer pelo menos um episódio de dor lombar em algum momento da vida.

No Brasil, segundo o IBGE, cerca de 27 milhões de adultos apresentam doenças da coluna vertebral, resultando em afastamento das atividades diárias e do trabalho, o que gera grande demanda nos serviços de saúde públicos e privados.


Mas por que tantas pessoas sofrem desse mal se ele é tão conhecido e estudado hoje em dia?

Parece simples, mas não é.

Uma imensa maioria da população não tem bons hábitos como, alimentação saudável, prática regular de atividade física, boa qualidade de sono, hidratação adequada e uma boa higiene mental.


Dor Lombar
Toda alteração emocional irá refletir em dor física

Hoje não temos como separar a saúde física da mental, e sabemos que grande parte da população sofre com problemas de estresse, depressão e ansiedade, e toda alteração emocional irá refletir em dor física. Somado a todos os outros fatores comentados acima, isso se torna um BUM de fatores para que você sinta a famosa dor lombar.

Apesar de sentir dor não ser uma coisa normal, está se tornando cada vez mais comum e mudar essa situação só depende de cada um de nós.

O que precisamos fazer é sair da nossa zona de conforto, enfrentar a mudança de novos hábitos e buscar melhorar a nossa qualidade de vida, deixando as coisas que nos fazem mal, mas que nos dão prazer imediato, para buscar coisas que no início irão nos causar revolta e desânimo, mas que lá na frente a gente possa colher os frutos das boas escolhas que fizemos lá atrás.


Mas fique tranquilo, em média nosso cérebro demora 66 dias para adquirir um novo hábito como rotina, então seja forte e supere esse período curto, inicie sua reeducação alimentar, seus exercícios ou qualquer outro hábito que você precise mudar e viva melhor a cada dia.

E não se esqueça, tenha sempre profissionais da sua confiança para lhe auxiliar em todo esse processo, desde o tratamento da dor até a rotina de exercícios.

Fique bem e vamos em busca de uma melhora qualidade de vida, sempre!


Até a próxima!!!!

63 visualizações0 comentário

Posts Relacionados